Mitos e verdades sobre o ar-condicionado do seu carro

Descubra de uma vez por todas o que é real e o que é história de pescador

Fotos: Divulgação | Texto: Raphael Panaro

 O ar-condicionado do seu carro é cercado de mistério: ele gasta mais combustível? O gás acaba? O que é a água pingando. Mate suas curiosidades e descubra de uma vez por todas o que é verdade e o que é mentira.

Limpeza: A cada seis meses faça higienização do sistema, além, é claro, de sempre manter o veículo limpo.

Consumo: Como o compressor é acionado, o consumo de combustível é afetado: aumenta cerca de 10% em veículos novos e antigos.

Frequência: Ligue o ar ao menos uma vez por semana. Isso permite a circulação do gás refrigerante e a lubrificação do sistema.

Gás: Acabar o gás do ar-condicionado é um mito. Não precisa ser completado ou reposto. Só acaba em caso de vazamento.

Dreno: A umidade que o ar-condicionado retira de dentro da cabine do carro sai em forma líquida. Daí o pinga-pinga de água que sai debaixo do veículo.

Sol: Sempre que o carro estiver estacionado sob o sol, ao dar partida ligue o ar e abra todas as janelas. Assim, ocorre a troca mais rápida do ar interno.

Compartilhe esse conteúdo



Comentários